quarta-feira, 16 de setembro de 2009

CAMPANHA DA POLIOMIELITE

A 2ª fase da campanha de vacinação contra a Poliomielite acontece sábado, 19/9
No próximo sábado, 19/9, é dia de vacinar, gratuitamente, as crianças menores de cinco anos contra a paralisia infantil
A segunda fase da Campanha de Vacinação Contra a Poliomielite (paralisia infantil) acontece no dia 19 de Setembro, sábado. Todas as crianças menores de cinco anos devem tomar a vacina, mesmo que estejam com a caderneta de vacinação em dia. A meta é imunizar, no mínimo, 95% da população alvo que, na capital, é de cerca de um milhão de crianças.
Os postos de vacinação, como unidades de saúde, escolas, igrejas, associações entre outros estarão em funcionamento das 8 às 17 horas. A relação dos locais de vacinação poderá ser consultada pela Central 156 ou pelo site www.prefeitura.sp.gov.br/covisa .
Rápida, segura e indolor, a vacina contra a paralisia infantil é aplicada por via oral. A criança toma apenas duas gotinhas, o que corresponde a uma dose.
Outras vacinas
A caderneta de saúde poderá ser atualizada durante a campanha, uma vez que outras vacinas serão aplicadas no sábado como a BCG (contra as formas graves da tuberculose), conta a Hepatite B, tríplice viral (contra sarampo, caxumba e rubéola) e tetravalente (contra difteria, tétano, coqueluche e hemófilo influenza tipo b).
O que é a Poliomielite?
Conhecida popularmente como paralisia infantil, a poliomielite é uma doença causada por vírus. É contagiosa e, na forma mais grave, pode deixar sequelas permanentes. A facilidade de movimentação das pessoas de um lugar para outro no mundo favorece a disseminação desse vírus, que pode ser reintroduzido em um país que já não apresente mais casos.
Campanhas: bloqueio contra a doença
Para impedir a presença da doença, é preciso criar um bloqueio por meio de campanhas de vacinação em massa da sua população alvo, além de altas coberturas vacinais de rotina. Por isso, mesmo a criança que esteja com a caderneta atualizada, deve tomar a vacina para a formação do bloqueio.
Doença sob controle
Há 20 anos não se registram casos de poliomielite no Brasil. No país, os últimos casos ocorreram no ano de 1989, nos estados do Rio Grande do Norte e Paraíba, devido à realização de campanhas, adotadas a partir de 1980.
VEJA MAIS NOTICIAS EM WWW.MDPROPAGANDAS.COM.BR

AUDIÊNCIA PÚBLICA EM ITAQUERA

Itaquera realiza audiência pública sobre orçamento da cidade com auditório lotado

A grande participação de líderes comunitários marcou a audiência realizada ontem à noite com o propósito de receber propostas da população para o orçamento do ano que vem
Muitas foram as sugestões apresentadas pelos moradores das comunidades dos quatro distritos que compõem a subprefeitura de Itaquera, responsável pela elevação da qualidade de vida de meio milhão de pessoas. A reunião realizada ontem à noite, 14/9, no auditório da Subprefeitura, contou com a participação massiva de líderes comunitários engajados nas lutas da população local. Os participantes, atendendo ao chamado da administração regional, compareceram levando por escrito as demandas que poderão garantir verbas no orçamento e plano plurianual até o ano de 2013.
O morador do conjunto habitacional José Bonifácio, Luiz Carlos, que se dirigiu à reunião representando o Instituto Gente Humilde foi o primeiro a se manifestar. Ele propôs a destinação de recursos para a implantação de um Centro de Formação voltado à área de serviços. "O século 21 é o século do conhecimento, portanto, faz-se necessário reservar verbas para a formação e capacitação de pessoal". Já o representante da Associação Abraço Amigo, que trabalha com a elaboração de medidas sócio-educativas, sugeriu mais diálogo entre as secretarias, tendo em vista a potencialização dos projetos. "Ás vezes nos deparamos com triplas medidas totalmente desarticuladas", criticou.
Como adiantou a chefe de gabinete, Alice Coutinho Magro, logo na abertura do evento, a noite foi destinada especialmente à coleta das sugestões da população. "Estamos aqui hoje para ouvir e registrar as propostas", esclareceu. Neste sentido, a cada cinco reivindicações, o subprefeito Laert de Lima Teixeira, fazia rápidas intervenções, dando encaminhamentos imediatos às solicitações. As propostas mais complexas serão enviadas para análise da Secretaria Municipal de Planejamento (SEMPLA). Toda a audiência foi gravada e as propostas, feitas por escrito, deverão fazer parte de um processo que ajudará na elaboração da proposta orçamentária.
A realização do evento, que acontece em todas as subprefeituras, está prevista no decreto nº 50.779/09 e no artigo 4º da lei 14.965/09, que dispõe sobre as diretrizes orçamentárias para o exercício financeiro de 2010. As sugestões servirão como base ainda para a composição do plano plurianual, que aborda o período de 2010 a 2013. Esta nova legislação dá transparência às ações da prefeitura, além de garantir e estimular a participação popular nas decisões que serão tomadas nos próximos anos.
Em Itaquera, fizeram uso da palavra 22 líderes comunitários que aproveitaram a oportunidade para apresentar sugestões distintas, como: a construção de muros de arrimo; implantação de Clube Escola e Centro Comunitário; construção de creches, escolas, postos de saúde, centros culturais, teatros e equipamentos de lazer - quadras, campos e parquinhos. Além disso, solicitou-se a retirada de um escadão, a abertura de uma rua, a retomada de uma praça, ocupada por uma feira. Até uma agência bancária para o conjunto José Bonifácio foi pedida. Recapeamento de ruas, onde circulam transportes coletivos; iluminação de praças e reformas de escadaria, também compuseram o rol das solicitações.
Em temas como canalização de córregos, o subprefeito explicou que a nova orientação da Secretaria do Verde e do Meio Ambiente refere-se à construção dos parques lineares, que servem para combater as enchentes, além de criar mais espaços de lazer em suas margens. De acordo com o subprefeito, os parques lineares acabam servindo como piscinões naturais e suas margens utilizadas para dar vazão às águas dos rios nos períodos de chuvas. "A canalização impermeabiliza o solo o que não é bom para combater as enchentes na cidade".
Dentre as sugestões apareceram muitos pedidos e os mais simples como a vistoria em áreas, o levantamento de dados e a inclusão de jovens em programas esportivos já existentes foram imediatamente encaminhados aos supervisores e coordenadores ali presentes. O subprefeito adiantou que os projetos urbanísticos previstos para o terreno em frente à estação do metrô Corinthians-Itaquera, a exemplo da construção do novo Fórum de Itaquera e das unidades da Fatec e da ETEC já foram autorizados pelo prefeito e devem sair do papel em 2010.
Outra boa notícia refere-se à revitalização da antiga praça da estação e dos baixos do viaduto no centro de Itaquera. Este projeto prevê a recuperação da Casa do Engenheiro que, em breve, será transformada num centro cultural. Devido à forte demanda da área cultural, o subprefeito liberou o auditório da sede para que, duas vezes por semana, seja utilizado para ensaios teatrais. "Quando começarem as obras aqui, pensaremos juntos num outro local para as aulas de teatro", afirmou referindo-se às obras que adaptarão o espaço, tornando-o uma biblioteca já no próximo ano.
Participaram da audiência representantes dos seguintes bairros: Conjunto Habitacional José Bonifácio, Jd. Santa Terezinha, Cidade A E Carvalho, Jd. Eliane, Jd. Marilia, Parque Guarani, Jd. Pedra Branca, Pq. Savoy City, Jd. Itapemirim, Vila Bandeirantes Jd. Vila Nova, Colônia Japonesa, Parque do Carmo, dentre outros.

VEJA MAIS NOTÍCIAS NO SITE DE NOSSA ONG www.avdr.com.br