sábado, 29 de março de 2008

Jornalista Ribeiro inicia programa de rádio na Missão FM

As 19hs e 15 minutos do dia 29 de março de 2008, entrou no ar o programa de rádio, NOTICIAS DO RIBEIRO, pela rádio Missão FM, 99,7.
Com uma formatação jornalística, pautada pelos assuntos da AVDR, do Bairro e as principais notícias da semana, no bairro e na cidade.
No programa inaugural, foi entrevistado o estagiário em direito das Indústrias Matarrazzo, Wedson Silva, morador do Cangaiba.
Sr° Wedson, falou sobre direito arbitral. Fizemos algumas fotos, logo mais colocaremos no blog. Você que deseja participar ligue ou mande e-mail para nos.
Nesse programa conseguimos três participações, da vila Curuçá, Itaim Paulista.
Abraços e obrigados a todos que estão conosco.

TODOS O SABADOS DAS 18 AS 19 HS. 89,7 FM, VOCÊ PODE PARTIPAR ONLINE PELA RADIOMISSOESFM89.7@HOTMAIL.COM OU PELO JORNALISTARIBEIRO@HOTMAIL.COM

quinta-feira, 27 de março de 2008

Presidente da AVDR, participa de grupo de estudos da Águia de Haia

Presidente da AVDR, participa de grupo de estudos da Águia de Haia

Foi no ínicio da noite que diversos representantes de entidades, das mais diversas, se reunirão para debater a proposta de se elaborar temáticas de discursões, de onde deverá sair às necessidades de nossa região, que é compreendida pelos seguintes bairros: Ermelino Matarazzo, Itaquera, São Miguel e Penha.
Realizado no Sesi, localizado na Cidade A.E. Carvalho, teve duração de 2 horas.
Um texto de tudo que foram discutidos nas 4 reuniões anteriores foram sintetizados em duas páginas, mas ainda não está fechada pois está em constante adaptações e ajustes, de modo que possa agregar tanto representatividade como definir rumos e temáticas de estudos á esclarecer ao maior número de pessoas das comunidades dessas regiões.
O nome do grupo é: GRUPO DE ESTUDOS AVANÇADOS ÀGUIA DE HAIA
Você que deseja participar, faça contato com um dos idealizadores do projeto pelo fone: 6147-3743 Sr° Jerry.
Pensando em dar minha parcela de contribuição para o engrandecimento do projeto, ofereci o programa de rádio, NOTICIAS DO RIBEIRO, que vai ao todos os sábados, das 18 h as 19 h, pela rádio Missão FM, 89.7

DIRETORES DA AVDR, SÃO RECEBIDOS POR DÉCIO VENTURA

O SUB PREFEITO DE SÃO MIGUEL, SR° DÉCIO VENTURA, RECEBEU NESTA DATA OS DIRETORES DA AVDR. PRESIDENTE, SR° D. RIBEIRO, VICE PRESIDENTE, DONA QUITÉRIA LIBÂNIO, DIRETORA DE SAÚDE, M. ÁUREA E O CONSELHEIRO, SR° NOGUEIRA.
4 ASSUNTOS FORAM OBJETOS DE REIVINDICAÇÃO;

1- A 1ª AÇÃO SOCIAL AVDR, A SER REALIZADA NO 10 DE MAIO
2- A MANUTENÇÃO DO RIO JACÚ PÊSSEGO
3- REVITALIZAÇÃO DO CANTEIRO CENTRAL
4- PROJETO DE URBANIZAÇÃO DO ESPAÇO NO BAIXO DO VIADUTO DA JACÚ PÊSSEGO, SÓ QUE NO LADO DO JD. SANTANA, QUE PERTENCE A SUB SÃO MIGUEL.
NA OCASIÃO PROTOCOLAMOS OFÍCIOS DESSAS REIVINDICAÇÕES, JUNTO A SUB SÃO MIGUEL.

O INTERESSANTE NOTAR NESSAS REUNIÕES QUE TEMOS CONSEGUIDO COM DIVERSAS AUTORIDADES, É QUE MUITOS MORADORES QUE AS VEZES RECLAMAM, NÃO INTERESSE DE IR ATÉ AS AUTORIDADES PARA COBRAR.
ACABAM COBRANDO A DIREÇÃO DA AVDR, NA PESSOA DO D. RIBEIRO.
DIA DESSES TIVE QUE RESPONDER, MESMO QUE COM MUITA EDUCAÇÃO, QUE EU NÃO TINHA CARGO DE SUB PREFEITO, NEM MANDATO DE VEREADOR, DE MODO QUE AS NÃO TEM QUE COBRAR DE MIM E SIM JUNTAR CONOSCO PARA COBRAR A QUEM DE DIREITO E QUE TEM O PODER PARA ATENDER ESSAS DEMANDAS.

FAÇA SUA CRÍTICA E EXPONHA SEU PONTO DE VISTA.

Diretores da AVDR na Sub de Itaquera

Na tarde de 26 de março de 2008, a chefe de gabinete da Sub prefeitura de Itaquera, Alice Coutinho, recebeu em reunião os diretores da AVDR, D. Ribeiro e Quitéria Libânio.
A pauta da reunião foram 2
Córrego da rua do Sabugueiro e Construção do Centro Recreativo – AVDR.
Mais tarde contatamos o empresário do ramo de segurança, Sr° Juvenal, sobre sua participação da 1ª Ação Social AVDR.

terça-feira, 25 de março de 2008

Leilão da carta por R$ 200

Pago 200,00 reais no leilão da habilitação
8º Oficial de Registro de Tit.e Doc. e Pessoa Juridica
Dpto. Jurídico e Controle de Pessoa JurídicaDiogo Fernando S. da SilvaAdvogado e Escrevente Autorizado.
(11) fone/fax 32481093
diogo@8rtd.com.br

Reunião de Março no Conseg da 63ªDP

Foi agora a noite, que ocorreu mais uma reunião do Conseg do 63 DP, sob a Presidência do Sr° Ribeiro de Souza, também diretor da Rádio Transnacional.

Presentes à reunião estavam vários munícipes e também autoridades.
Representando a Polícia Militar, Ten. Cleonice da 2ª CIA, da 63ª DP o Delegado Titular, Dr° Paparella, a SPTrans foi representado por Sr° Aldo, da Sub Prefeitura São Miguel, esteve Sr° Roque, Sr° Walter da Coordenadoria de educação de São Miguel, Inspetora Telma, representou a GCM, Sr° Carlos Tiverom, do Conseg e de assuntos comunitário da Unicsul, representando a CET, estava dona Roseli e Sr° João, completava o grupo de autoridades.

No evento também ficamos sabemos, por informação da dona Paulete, membro da Saúde da região São Miguel, que neste sábado, dia 29, acontecerá um mutirão para quem tem diabete, e para participar basta retirar a senha na UBS de seu bairro.

Na reunião de hoje, como sempre o mais polêmicos dos assuntos foi, a quantidade de usuários de drogas, próximo a Centro de Convivência, localizado no Jd. Santana, São Miguel.
Em nome da AVDR, aproveitamos para entregar cópia do ofício protocolado na Secretaria de Segurança Pública, solicitando a base de polícia. Na mesma ocasião reiteramos a Ten. Cleonice, para que veja a possibilidade de disponibilizar uma viatura de polícia no baixo do viaduto.

quinta-feira, 20 de março de 2008

PARA DAR RISADA

A Velhinha

Uma velhinha foi ao supermercado e colocou a ração de gato mais cara no
carrinho.
A moça do caixa disse:
- Me desculpe, mas não podemos lhe vender a ração de gatos sem provas de que a senhora tenha realmente gatos. Muitos idosos compram ração de gatos pra comer, e a gerência quer provas de que a senhora esteja realmente comprando a ração para seu gato.
A velhinha foi pra casa, pegou o gato e o levou ao supermercado e eles então
venderam a ração para gato. No dia seguinte, a velhinha foi ao supermercado
novamente e comprou 12 dos mais caros biscoitos pra cachorro. A caixa
novamente pediu provas de que ela realmente tinha um cão, explicando que
idosos costumavam comer comida de cachorro. Frustrada, ela foi pra casa e
voltou com o seu cachorro.
No dia seguinte, a velhinha trouxe uma caixa com um buraco na tampa e pediu
para a moça do caixa colocar o dedo no buraco.
A caixa disse:
- Não, pode ter uma cobra aí dentro.
A velhinha lhe assegurou que não havia nada na caixa que poderia mordê-la,
então a moça do caixa colocou o dedo no buraco, tirou e disse:
- Hummm... Tem cheiro de merda!
A velhinha então sorriu de orelha a orelha e disse:
- Agora, minha querida, eu posso comprar 3 rolos de papel higiênico???
AUTOR: DESCONHECIDO

quarta-feira, 19 de março de 2008

DIRETORES DA AVDR, SÃO RECEBIDOS NA SUB SÃO MIGUEL

TERÇA FEIRA 18, O PRESIDENTE DA AVDR, D. RIBEIRO E O DIRETOR CONSELHEIRO, SR° ANTONIO LOPES, VISITARAM A SUB PREFEITURA DE SÂO MIGUEL. LÁ FORAM RECEBIDOS PELO CHEFE DE GABINETE, SR° NAPOLEÃO, QUE ATENTAMENTE OUVIU AS PRINCIPAIS REIVINDICAÇÕES DA AVDR.
1 – RIO DA JACÚ PÊSSEGO, QUE ESTÁ DESBARRANCANDO E COMPROMETENDO O FLUXO DA ÁGUA, ALÉM DE PROVOCAR ENCHENTES NA REGIÃO. ASSUNTO QUE JÁ PROTOCOLAMOS OFÍCIO.
2 – CANTEIRO CENTRAL DA AV. IMPERADOR, FALTA DE MANUTENÇÃO DE FORMA CONTINUADA.
3 – 1ª AÇÃO SOCIAL AVDR, QUE ACONTECERÁ EM 10 DE MAIO, E QUE DESEJAMOS CONTAR COM A PARTICIPAÇÃO, AJUDA E APOIO DA SUB PREFEITURA SÃO MIGUEL.

MATERIAL DA AVDR É ROUBADO


FOI SEXTA FEIRA 14, UM DOS DIRETORES DA AVDR, PRESENCIOU ALGUNS MORADORES DA REGIÃO, (MESMA FAMÍLIA), ROUBANDO PEDRA E AREIA, MATERIAL QUE DEVERÁ SER USADO PARA CONTINUAR A CHUMBAR A CERCA DO FUTURO CENTRO RECREATIVO – AVDR.
OUTRO DIRETOR, SABENDO DO CASO FOI ATÉ A CASA DESTE MORADOR, SOLICITAR A DEVOLUÇÃO DO MATERIAL. E OUVIU: NÃO VAMOS DEVOLVER NADA, SE VOÇES QUISEREM, VEM E PEGA.
COM PASCIÊNCIA, AGUARDANDO NA JUSTIÇA DIVINA E NO BOM SENSO DESSES MORADORES. A DIRETORIA DA AVDR ESPEROU ATÉ TERÇA FEIRA, 18, COMO O MATERIAL NÃO FOI DEVOLVIDO, ACIONAMOS UMA VIATURA DE POLÍCIA PARA NOS DAREM APOIO E FOMOS ATÉ A CASA DO MORADOR, QUE AÍ SIM, SE COMPROMETEU A DEVOLVER NO MESMO DIA.
PARA ALEGRIA NOSSA, E TAMBÉM DESTE MORADOR QUE TEVE SEU NOME E RG, ANOTADO E INFORMADO QUE O DESCUMPRIMENTO DO ACORDO LHE ACARRETARIA SÉRIAS CONSEQUÊNCIAS.
QUE DEUS NOS AJUDE, PARA QUE SEMPRE TENHAMOS FORÇAS PARA DEFENDER O QUE É NOSSO, POIS SABEMOS QUE SE NOS CALARMOS, NÃO DEMORARÃO EM TAMBÉM ARROMBAREM NOSSAS CASAS E NOS VILIPENDIAREM.

sexta-feira, 14 de março de 2008

Centro Recreativo AVDR

CONTINUAMOS NOSSA LUTA PELA CONSTRUÇÃO DO CENTRO RECREATIVO AVDR.
ALGUMAS MELHORIAS FORAM FEITAS, MAS AINDA PRECISAMOS DE MUITO MAIS.
CONTO COM APOIO DE VOCÊS.

LEILÃO DA CARTA DE MOTORISTA ALCANÇA R$ 210,00

Nosso amigo IGOR FERNANDO DA CRUZ MOREIRA
RG: 44370.313-9
FONE: 3532-5100 – 7214-8085, resolveu melhorar a sua proposta para ficar com a carta de motorista que está sendo leiloada pela AVDR.
Se você também está interessado, por favor, faça contato conosco.
abraço do Ribeiro

sexta-feira, 7 de março de 2008

LEILÃO DA CARTA R$ 110,00

JOSÉ PAULINO NOGUEIRA
RG 5.799.697-0 / FONE: 6155-4540
EMAIL JPNOGUEIRA@SUPERIG.COM.BR R$ 110,00

LEILÃO DA CARTA R$ 100,00

IGOR FERNANDO DA CRUZ MOREIRA
RG: 44370.313-9
FONE: 3532-5100 – 7214-8085
R$ 100,00
e-mail igorcruzzz@yahoo.com.br

quinta-feira, 6 de março de 2008

A SAÍDA DE FIDEL DO COMANDO DE CUBA



REDAÇÃO DE PORTUGUÊS
DOUGLAS RIBEIRO
PROFª LOURDES


UM SIMPLES SOLDADO NO CAMPO DAS IDÉIAS


PEQUENO COMO O ESTADO DE SANTA CATARINA, UM PIB MENOR QUE O DA BAHIA, MAS QUE CAUSA TANTO MAL ESTAR NO MUNDO INTEIRO.
ESSE PAÍS ATENDE PELO NOME DE CUBA, E TINHA COMO LÍDER MÁXIMO FIDEL CASTRO. PRESIDENTE POR QUASE 50 ANOS E MAIS DITADOR DO QUE SOCIALIATA, COMO DESEJA SER RETRATADO.
PARA ALGUNS PETISTAS, CUBA TEM UMA DEMOCRACIA DIFERENCIADA. MAS TER TROCADO A LIBERDADE DE UM POVO, SOB O ARGUMENTO DE “MELHORES CONDIÇÕES DE VIDA”, EM NADA FOI BENÉFICO PARA A POPULAÇÃO.
TALVEZ CUBA, NÃO ALTERE UM MILÍMETRO EM SUA POLÍTICA, NO ENTANTO FIDEL, SERÁ SEMPRE O DITADOR E CHE GUEVARA, O HERÓI DA REVOLUÇÃO CUBANA.
EM SUA MELANCÓLICA CARTA DE RENÚNCIA FEITA A PARTIR DE UM HOSPITAL, ESCREVEU: “NÃO ASPIRAREI NEM ACEITAREI, O CARGO DE PRESIDENTE DO CONSELHO DE ESTADO E COMANDANTE EM CHEFE”.

POR MIM JÁ VAI TARDE, CANALHA!!!

EM UM PAÍS ONDE HÁ: PENA DE MORTE, DISSIDENTES PRESOS, RESTRIÇÕES DE DESLOCAMENTOS, FALTA DE LIBERDADE DE IMPRENSA, INEXISTENCIA DE ORGANIZAÇÕES INDEPENDENTES, AINDA SURGEM ALGUNS NEÓFITOS, (LEIAM SE PT), DIZENDO QUE CUBA, ATUA NO TRIPÉ: EDUCAÇÃO, COMIDA, E MORADIA. COMO SE UM POVO PRECISASE APENAS DISSO.
O PRÓPRIO FIDEL, SE TRATA COM MÉDICO ESPANHOL, TAMANHA É A EXELÊNCIA DA MEDICINA DE SEU PAÍS, NA ÁREA EDUCACIONAL O ALUNO APRENDE A REVOLUÇÃO CUBANA, NO QUESITO ALIMENTAÇÃO O POVO MENDIGA A COMIDA RACIONADA QUE O GOVERNO DÁ, NO ASPECTO MORADIA, AS FAVELAS DE LÁ NÃO DEVEM EM NADA AS FAMOSAS DO RIO DE JANEIRO.
O EMBARGO ECONÔMICO DE 46 ANOS, IMPOSTO PELOS AMERICANOS, TORNA SUA ECONOMIA AINDA MAIS CAÓTICA. SEM CONTAR A POLÍTICA, QUE É UMA VERDADEIRA FARSA. UM SÓ PARTIDO, UM SÓ CANDIDATO POR VAGA, OU SEJA NÃO HÁ ALTERNATIVA, E QUE NÃO VOTA É DEMITIDO DE SEU EMPREGO.
PREGAR EM PRAÇA PÚBLICA, QUE NINGUÉM É OBRIGADO VOTAR, DEU 5 ANOS DE CADEIA AO ECONOMISTA VLADIMIRO ROCA. COMO PODE? SE ELE APENAS FALOU O QUE ESTÁ NA CONSTITUIÇÃO?
MAS PARA ESTA SAÍDA DE FIDEL CASTRO, VALE UMA ANEDÓTA TAMBÉM CUBANA. SÃO TODOS “O MESMO CACHORRO”, COM COLEIRAS DIFERENTES.

Comente esta nota.pelo e-mail: jornalistaribeiro@hotamail.com




quarta-feira, 5 de março de 2008

DIA INTERNACIONAL DA MULHER




Mulheres de Itaquera saem mais uma vez às ruas para pedir igualdade e paz


Em 2007, mais de 400 mulheres deixaram os afazeres domésticos de lado e foram às ruas do Centro de Itaquera lutar por igualdade, paz, participação e cidadania. Este ano, prometem repetir a dose com muita ousadia!
As mulheres, organizadas pelo Centro de Cidadania da Mulher de Itaquera (CCMI), prometem, mais uma vez, chamar a atenção de todos que estiverem passando pelas ruas do Centro de Itaquera na manhã do próximo sábado, 8/3, quando se comemora o Dia Internacional da Mulher.
“Vamos de novo às ruas alertar, homens e mulheres, sobre a necessidade de construirmos juntos, lado a lado, um mundo mais justo, humano e igualitário”, adianta a Coordenadora do CCMI, Marilene Batista dos Santos, a Tia Lena. Para tanto, as organizadoras do evento estão convidando todas as mulheres da região para participarem no próximo sábado da segunda caminhada de mulheres pela paz e igualdade. A passeata está marcada para as 8h da manhã.
Em 2007, trajadas de camisetas pretas com a frase: “Uma Vida Sem Violência é um Direito das Mulheres” e munidas de apitos, mais de 400 mulheres participaram da passeata a fim de sensibilizar a comunidade sobre a importância da mulher na sociedade. Este ano, prometem repetir a dose.
“Queremos um mundo pela igualdade e paz entre homens e mulheres”, declarou, em 2007, a Coordenadora Geral da Coordenadoria da Mulher, Maryluci de Araújo Faria. A Coordenadoria é um órgão ligado à Secretaria Especial para Participação e Parceria que busca através de políticas públicas, melhorar a condição social das mulheres que, ainda hoje, enfrentam diversos problemas como a violência e a discriminação. O evento conta com o apoio das servidoras e, em especial, do Subprefeito de Itaquera, Laert de Lima Teixeira. Segundo os dados, as mulheres somam 51% da população de Itaquera. Dessas, 30% são chefes de família mas ainda são oneradas com a criação dos filhos, a sobrecarga de trabalho e muitas dificuldades sociais.
Este ano, a exemplo do ano passado, é esperada a participação de lideranças comunitárias, grupos de terceira idade de diversos bairros da região, servidoras e freqüentadoras do CCMI. A caminhada será encerrada na Praça da Estação com apresentações culturais.
O Centro de Cidadania da Mulher de Itaquera trabalha na formação e capacitação das mulheres, tornando-as capazes de lutar por mais espaço nas decisões sobre políticas públicas municipais (saúde, educação, assistência social e habitação). Além disso, proporciona diversos programas de atendimento, como: orientação social psicológica, mulheres vítimas de violência, maternidade precoce, saúde reprodutiva, formação profissional (preparação para trabalhar), cursos de formação e muitas atividades na área de lazer, cultura e esporte.

Informações adicionais:

Centro de Cidadania da Mulher de Itaquera
Rua Ibiajara, 495 – Pq. XV de Novembro
Fones: (11) 6173-5706 / 4863
Com: Tia Lena (Coordenadora), Ana Paula e Tami

DIA INTERNACIONAL DA MULHER




Mulheres de Itaquera saem mais uma vez às ruas para pedir igualdade e paz


Em 2007, mais de 400 mulheres deixaram os afazeres domésticos de lado e foram às ruas do Centro de Itaquera lutar por igualdade, paz, participação e cidadania. Este ano, prometem repetir a dose com muita ousadia!
As mulheres, organizadas pelo Centro de Cidadania da Mulher de Itaquera (CCMI), prometem, mais uma vez, chamar a atenção de todos que estiverem passando pelas ruas do Centro de Itaquera na manhã do próximo sábado, 8/3, quando se comemora o Dia Internacional da Mulher.
“Vamos de novo às ruas alertar, homens e mulheres, sobre a necessidade de construirmos juntos, lado a lado, um mundo mais justo, humano e igualitário”, adianta a Coordenadora do CCMI, Marilene Batista dos Santos, a Tia Lena. Para tanto, as organizadoras do evento estão convidando todas as mulheres da região para participarem no próximo sábado da segunda caminhada de mulheres pela paz e igualdade. A passeata está marcada para as 8h da manhã.
Em 2007, trajadas de camisetas pretas com a frase: “Uma Vida Sem Violência é um Direito das Mulheres” e munidas de apitos, mais de 400 mulheres participaram da passeata a fim de sensibilizar a comunidade sobre a importância da mulher na sociedade. Este ano, prometem repetir a dose.
“Queremos um mundo pela igualdade e paz entre homens e mulheres”, declarou, em 2007, a Coordenadora Geral da Coordenadoria da Mulher, Maryluci de Araújo Faria. A Coordenadoria é um órgão ligado à Secretaria Especial para Participação e Parceria que busca através de políticas públicas, melhorar a condição social das mulheres que, ainda hoje, enfrentam diversos problemas como a violência e a discriminação. O evento conta com o apoio das servidoras e, em especial, do Subprefeito de Itaquera, Laert de Lima Teixeira. Segundo os dados, as mulheres somam 51% da população de Itaquera. Dessas, 30% são chefes de família mas ainda são oneradas com a criação dos filhos, a sobrecarga de trabalho e muitas dificuldades sociais.
Este ano, a exemplo do ano passado, é esperada a participação de lideranças comunitárias, grupos de terceira idade de diversos bairros da região, servidoras e freqüentadoras do CCMI. A caminhada será encerrada na Praça da Estação com apresentações culturais.
O Centro de Cidadania da Mulher de Itaquera trabalha na formação e capacitação das mulheres, tornando-as capazes de lutar por mais espaço nas decisões sobre políticas públicas municipais (saúde, educação, assistência social e habitação). Além disso, proporciona diversos programas de atendimento, como: orientação social psicológica, mulheres vítimas de violência, maternidade precoce, saúde reprodutiva, formação profissional (preparação para trabalhar), cursos de formação e muitas atividades na área de lazer, cultura e esporte.

Informações adicionais:

Centro de Cidadania da Mulher de Itaquera
Rua Ibiajara, 495 – Pq. XV de Novembro
Fones: (11) 6173-5706 / 4863
Com: Tia Lena (Coordenadora), Ana Paula e Tami

segunda-feira, 3 de março de 2008

ESTAREMOS DIANTE DE UMA GUERRA NA AMÉRICA LATINA????

Brasil condena violação de território e quer comissão da OEA


A morte do porta-voz das Farc Raúl Reyes desencadeou a crise
O governo brasileiro condenou a violação do território equatoriano pela Colômbia e defendeu um novo pedido de desculpas da Colômbia e a solução do conflito entre os dois países com a intermediação da Organização dos Estados Americanos (OEA), que faz uma reunião extraordinária para discutir o assunto nesta terça-feira, em Washington.
“Qualquer violação da integridade territorial é grave e deve ser condenada”, afirmou o ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, numa concorrida entrevista coletiva no Itamaraty. Ele disse que há circunstâncias que podem atenuar este fato, mas que nestes casos o ônus da prova cabe a quem praticou a violação, e não quis dar exemplos de casos como este.
Amorim disse que o Equador “merece um pedido de desculpas mais explícito” do que aquele feito neste domingo pelo presidente da Colômbia, Álvaro Uribe, que pediu desculpas ao país vizinho mas justificou a incursão militar com a necessidade de combater o territorismo, ao atacar um grupo de guerrilheiros da Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) em território equatoriano.
“Um pedido não qualificado ajudaria, talvez, a baixar a temperatura da crise”, afirmou Amorim, que disse ter passado os últimos dois dias empenhado em conversar com os dois lados e com outros países da região para ajudar a resolver o problema.
“O problema é grave e não vai se resolver de imediato”, disse.
Os dois países concordam que houve invasão do território equatoriano por tropas colombianas, mas existem duas versões diferentes para os motivos. A Colômbia argumenta que agiu em legítima defesa, após ataque das Farc, enquanto o governo do Equador diz que a Colômbia atacou primeiro.

Venezuela

O ministro voltou de uma viagem à Ásia no fim de semana e antecipou a volta a Brasília para tratar da crise. Ele falou por telefone com vários ministros da região, entre eles da Colômbia, do Equador e da Argentina, mas disse que não falou com o chanceler venezuelano, Nicolas Maduro, nem com a secretária de Estado americana, Condoleezza Rice.
Amorim disse que é preciso “circunscrever o tema ao aspecto bilateral”, rejeitando de forma indireta a participação da Venezuela, que posicionou tropas na fronteira com a Colômbia e criticou o assassinato do líder das Farc Raul Reyes.
A interferência de Chávez no conflito também é um assunto para a diplomacia, disse o ministro, mas ele argumentou que no momento o tema mais urgente é tentar baixar o tom da crise.
A OEA deve colocar em votação o envio de uma Comissão de Investigação e uma visita do secretário-geral, José Miguel Insulza, aos dois países para avaliar o que aconteceu. Ele disse que um Grupo de Amigos, como o que foi formado para intermediar a crise entre governo e oposição na Venezuela, em 2003, não está descartado, mas ainda não foi discutido.

Lula

Questionado sobre a opinião do governo brasileiro em relação à morte de Reyes, Amorim disse que não iria responder, porque havia “passado as últimas 48 horas tentando resolver o problema” e não queria que uma declaração sua a este respeito piorasse as coisas.
O presidente Lula conversou nesta segunda-feira com os presidentes do Equador, Rafael Correa, e Uribe, da Colômbia, e deveria ainda discutir o assunto num telefonema já programado com a presidente da Argentina, Cristina Kirchner.
Amorim disse que não havia uma “mediação” brasileira, mas que o país faria o possível para “facilitar o diálogo” entre os envolvidos. “Depende dos países quererem encontrar uma solução. Nós queremos a paz na região”, afirmou.
O chanceler participou da reunião de coordenação política do governo, e fez ao presidente e outros ministros um relato da situação. Ele disse que o ministro da Defesa, Nelson Jobim, não participou da reunião.
Amorim evitou falar sobre a preparação do Brasil para um eventual conflito armado na região e disse que o problema, por enquanto, está restrito à Colômbia e ao Equador. “Um conflito armado que envolva o Brasil acho uma hipótese muito remota, remotíssima”, afirmou.

sábado, 1 de março de 2008

SUA CHANCE DE CONSEGUIR SUA CARTA




ARTIGO DO JOSÉ AMÉRICO

Insinuação da mídia contra o PT silencia contrato de Kassab com Fundação de Brasília
por José Américo*

O JN da TV Globo veiculou no último sábado (23/02) uma reportagem com base em artigo da revista Época com acusações contra uma fundação, a FINATEC, vinculada à Universidade de Brasília. A abertura da matéria trazia algo como prefeituras do PT investigadas por contratos irregulares com fundação. No meio da reportagem apareceu – como por acaso – o prefeito Kassab afirmando que, em 2005, havia determinado a suspensão dos contratos da administração anterior com a FINATEC por considerá-los de natureza duvidosa. Em seguida, o vereador Antonio Donato (PT), que foi secretário das subprefeituras na gestão de Marta Suplicy, perguntou que, se a FINATEC fosse uma empresa inidônea, por quê a administração Kassab havia firmado com ela um contrato em 2007?Conclusão: a FINATEC teve contratos assinados com prefeituras do PT, do DEM, do PSDB e de outros partidos (mas só se falou do PT). O prefeito Kassab foi ouvido pelo Jornal Nacional e manifestou sua estranheza. Mas o JN nada perguntou sobre o contrato da própria prefeitura de Kassab com a FINATEC, revelado pelo vereador do PT. Provavelmente, o JN nem sabia da existência desse contrato antes da revelação do vereador Donato, pois a reportagem foi inspirada no artigo da revista Época, que também ignorou este fato.Segundo me disse um amigo que freqüenta altas rodas da Prefeitura, Kassab e Serra estão irritados com a atuação de Andrea Matarazzo neste episódio, por não tê-los avisado que a FINATEC havia sido contratada pela prefeitura em 2007. Quem plantou esta notícia deve ter pensado que, sonegando este “detalhe” aos jornalistas da Época, a questão passaria despercebida.A Folha de São Paulo de sábado (23/02) também repercute a matéria, novamente anunciando o PT na manchete, mas sem mencionar que a FINATEC tem contratos com outras prefeituras que não são do PT, em particular, a Prefeitura de São Paulo, na gestão do prefeito Kassab. No tratamento da Folha, a reportagem da revista Época e as amplas afirmações do próprio prefeito Kassab constitui “um lado”, o do jornal, que ilustra a página com foto de Marta Suplicy. O “outro lado”, é representado por Antonio Donato, do PT, assim como outras prefeituras que assinaram contratos com a FINATEC e que também foram ouvidas pelo jornal. A única administração que não aparece e não é questionada sobre contratos assinados por ela com a FINATEC é a Prefeitura de São Paulo sob administração demo-tucana. Mas a Folha sabia desde o dia anterior que o contrato da FINATEC com a administração Kassab existia. Ouviu no JN ou leu na nota do vereador Antonio Donato que afirma:“A Finatec foi contratada de forma legal e transparente. Desenhou as estruturas das subprefeituras que passaram a incorporar funções de outras secretarias. Na Prefeitura, há documentos que comprovam a prestação dos serviços.Seria de estranhar que a gestão Kassab contratasse a mesma Finatec, como ocorreu em 2007, se fosse constatada alguma irregularidade em contratos anteriores.Além disso, nunca fui ouvido pela Corregedoria da Prefeitura, nem ninguém da minha equipe, para esclarecimentos sobre qualquer apuração em curso.A Corregedoria foi criada pela atual administração como um órgão sem autonomia, subordinada à Secretaria de Governo, cujo titular é homem de confiança do PSDB.A aproximação da eleição deste ano é, no meu entender, o único motivo que pode justificar qualquer inclusão do contrato da Finatec na gestão anterior com as denúncias envolvendo a fundação em outras situações.São Paulo, 23 de fevereiro de 2008.Antonio Donato.”Ninguém é bobo e a Folha de São Paulo muito menos. Por isso, vou reiterar a conclusão do meu artigo, agora acrescido de mais este “episódio” da campanha contra o PT em São Paulo, reproduzido anteriormente.“utilizando suas estreitas relações com alguns meios de comunicação, Serra, secundado por Andrea Matarazzo, tenta montar uma nova campanha de calúnias contra Marta Suplicy, retomando os ataques do começo de 2005.As decisões judiciais que deram ganho de causa à Marta Suplicy, ante as acusações sem fundamento dos tucanos, está entre os motivos desta nova tentativa. Mas a razão principal é tentar melhorar os resultados de Kassab nas próximas pesquisas, em detrimento do nome da Marta, que por enquanto nem é candidata . A idéia por traz desta movimentação, ressuscitando ataques, insinuações, acusações, processos etc., é tentar se contrapor ao argumento dos alckimistas de que só o ex-governador pode impedir uma vitória do PT no pleito municipal. O objetivo é criar condições para que Kassab possa estar no mesmo patamar de Alckmin.Os primeiros elementos da retomada da ofensiva Serra/Matarazzo/Kassab contra Marta aparecem claramente na recusa de quase toda a mídia (salvo a Folha que deu 3 linhas no Painel) de noticiar a decisão do STF que considerou inobjetáveis juridicamente as decisões do TCM e da Câmara de vereadores de São Paulo em relação as contas de Marta Suplicy na prefeitura. O STF reconheceu que a ex-prefeita, nos seus quatro anos a frente da Prefeitura, cumpriu a Lei de Responsabilidade Fiscal e não deixou dívidas sem que houvesse valor correspondente em caixa para a sua quitação. Ou seja, uma condenação clara da campanha de calúnias e ataques realizada por Serra e pelo PSDB, com amplo respaldo na mídia, em 2005. Nem uma palavra sobre esta decisão do STF no Estadão, no Globo, na TV, no JT, e apenas 3 linhas na Folha de São Paulo.A conspiração do silêncio sobre esta decisão do STF foi seguida pela publicação, esta sim em todos os jornais, da existência de um velho inquérito sobre o sistema de comunicação 156 que passou do âmbito do MP Estadual ao STF, por conta do fato de que tanto Serra como Marta só podem ser julgados nessa instância, por se tratar de governador e ministra, respectivamente. Nos próximos dias veremos seguramente pipocar novos episódios desta ofensiva que tem por objetivo, volto a repetir, tentar ganhar alguns pontos para Kassab na disputa com Alckmin.”* José Américo, jornalista, é vereador e presidente do PT do município de São