sexta-feira, 4 de setembro de 2015

PT

Em quanto isso no Partido dos Trabalhadores, continuam as negociatas. Como diz o delator mas claro que isto impossível.
Vamos acordar todo o poder emana do povo !!! Nós, o povo é que devemos construir nossa história e não apenas deixar os políticos de Brasília escreverem.
Abraços a todos e um lindo fim de semana.

quarta-feira, 2 de setembro de 2015

Reclamação de atendimento de profissional da medicina

Dia 31/08, as 13:40, Evânia Fernandes, minha esposa, tinha consulta marcada com o Cardiologista David Barreto Junior, portador do CRM: 69629, na clínica D. Barreto em Itaquera, ZL de SP. Acontece que por volta de 13: 30 David foi almoçar, segundo informações da recepção, retornando para atendimento algo em torno de 14:30. Antes de ser atendida, outras duas pessoas foram chamadas, Evânia Fernandes, foi atendida as 14:50.
Finalizado a consulta, informamos ao médico sobre a falta de comprometimento e desrespeito demonstrado para com o cliente.
Evânia saiu de casa as 11:30 para não se atrasar, chegou na clínica as 12:40, mas como disse antes só foi atendida as 14:50 hs. Informei a ele que ali se praticava dois pesos e duas medidas, pois uma cliente que agendou também para 13:40 hs, para ser atendido com outro profissional chegou na mesma hora que ele, quando este retornava do almoço, no entanto a recepção da clínica de D. Barreto, alegava que a tolerância máxima era de 15 minutos, não podendo mais prestar o atendimento.
Além de tomarmos prejuízo com a hora perdida, com o estacionamento do carro e presenciar cliente não ser atendido por atrasar 1 hora, pior mesmo foi o deboche e o pouco caso feito por David, quanto a reclamação. O mesmo se limitou dizer de forma muito sarcástica: “ok feita a reclamação”.   

Na posterior, informei o caso a ouvidoria da operadora da Amil para apurar o fato.